Moscou mais barata do que São Paulo

Rússia Hoje, JB Online

REDAÇÃO - A crise financeira global desferiu um golpe nas ruas mais caras do comércio mundial. Em pesquisa realizada pela companhia internacional de consultoria Cushman & Wakefield, em 24 anos foi registrada a mais significativa queda da história dos preços dos aluguéis.

Segundo dados da empresa, a Quinta Avenida, em Nova York, é a rua mais cara do mundo. Ali, os imóveis comerciais estão sendo alugados anualmente por US$ 17 mil o metro quadrado. Apesar da redução do preço dos aluguéis em 8,1%, em 2008, a Quinta Avenida mantém o seu status de líder já há oito anos. Cosbay Bay, em Hong Kong, e Champs-Elysees, em Paris, ocupam a segunda e a terceira posições na lista dos lugares mais prestigiosos para o mercado varejista, segundo o relatório.

Neste ano, Moscou, segundo o relatório "Principais ruas comerciais do mundo", perdeu a liderança. E não apenas saiu do grupo das três, mas deixou também o grupo das 10 líderes, ficando em 16º lugar, superada por São Paulo.

Segundo o relatório "Principais ruas comerciais do mundo", o mais caro corredor comercial de Moscou continua a ser a Rua Tverskaia. Em comparação com o ano passado, essa rua ficou mais acessível aos operadores comerciais. Os preços dos aluguéis ali, a partir de setembro do ano passado, caíram 30%, e a quantidade de imóveis desocupados aumentou. O preço médio do aluguel na rua é de US$ 3,5 mil o metro quadrado por ano , informa-se no relatório.