Adriano assusta Andrade com dores musculares

Julio Calmon, Jornal do Brasil

RIO DE JANEIRO - Ao sair de campo com apenas cinco minutos de coletivo, Adriano deixou todos apreensivos na Gávea, nesta sexta-feira à tarde. Com dores na parte posterior da coxa direita, o artilheiro do Campeonato Brasileiro (13 gols) preocupa o técnico Andrade para o jogo de domingo, às 16, contra o Internacional, em Porto Alegre. O Flamengo já não terá o atacante Denis Marques, que também teve um problema muscular durante a semana.

Mesmo assim, há otimismo no departamento médico do clube. Apesar de ser um problema muscular, todos acreditam que o jogador tenha tempo suficiente para se recuperar. Até esta sexta-feira, Adriano ainda não havia apresentado algum problema físico desde que chegou ao clube.

Ele sentiu um desconforto e, como é experiente, saiu logo do treino. Creio que não vai ser problema disse o médico Marcelo Soares, fazendo uma ressalva. Mas um problema muscular sempre requer atenção.

Se Adriano não participar do treino deste sábado à tarde, no campo anexo do Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, estará fora do jogo de domingo. Seu substituto será o jovem Bruno Mezenga, que marcou um dos gols da vitória dos titulares sobre os reservas por 2 a 1.

Não quero nem pensar nessa possibilidade (de ficar sem Adriano) brincou Andrade. Se ele não puder jogar, o Bruno Mezenga começa jogando e o Alex vai para o banco.

Nesta sexta-feira, Andrade utilizou três formações diferentes durante o treino. Primeiro, iniciou a atividade com Diego (que substitui Bruno, suspenso), Leonardo Moura, Álvaro, Ronaldo Angelim e Everton; Airton, Maldonado, Petkovic e Fierro; Adriano e Zé Roberto. Logo depois da saída de Adriano, Andrade sacou Fierro da equipe titular e escalou David, deixando o time no 3-5-2. No fim, tirou o zagueiro e colocou o volante Lenon.

Ainda tenho algumas dúvidas e só vou decidir no domingo. São três belas opções disse o treinador. Com o Fierro jogamos com dois jogadores bem abertos, ele pela direita e o Zé pela esquerda. Com o Lenon ganhamos força no meio-de-campo. Já o David é um jogador que vem crescendo e faz muito bem o papel de líbero.

Confusa inscrição

Com problemas no ataque, o Flamengo correu contra o tempo para fortalecer a equipe. Nesta sexta-feira, os dirigentes rubro-negros tentaram inscrever o atacante Gil no Brasileiro. Como o sistema da CBF se encontrava fora do ar, a inscrição não havia sido feita até o fim da tarde. Com medo de ficar sem o atacante para a disputa do campeonato, já que as inscrições se encerravam nesta sexta-feira, o Flamengo pediu garantias para que o atleta fosse inscrito pela entidade. À noite, a CBF reconheceu o direito do clube e incluiu o nome de Gil no boletim informativo diário (BID).

Mesmo assim, dificilmente o torcedor rubro-negro verá o atacante de 29 anos atuando. Apesar de ter passado nos exames médicos, o jogador está há muito tempo sem atuar e não terá condições de jogo nas próximas duas semanas. Gil estava no Internacional, mas não era relacionado para as partidas desde o início do ano.

A chegada do Gil é devido a uma carência que temos de atacantes. Mas não poderemos contar com ele tão cedo disse Andrade, que descartou o aproveitamento do jogador recém-contratado. Ele precisa trabalhar mais a parte física. É até arriscado escalá-lo para jogar assim.