IPCA-15 desacelera para 0,15% em setembro

SÃO PAULO, 24 de setembro de 2009 - O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo-15 (IPCA-15) registrou inflação de 0,15% em setembro deste ano, com retração de 0,04 ponto percentual ante a última apuração, segundo informou hoje o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE). Um ano antes, o índice marcava 0,26%. No acumulado do ano, a taxa ficou em 3,15%, ante 4,96% no mesmo período do ano passado. Nos últimos 12 meses, a taxa também recuou, de 4,34% para 4,27%.

De acordo com a pesquisa, apesar do crescimento nas taxas dos grupos Alimentação e Bebidas (de -0,28% para 0,13%), Vestuário (de -0,25% para 0,31%) e Comunicação (de -0,08% para 0,05%), os demais grupos apresentaram declínios, o que fez com que o índice de setembro ficasse abaixo do de agosto.

O destaque ficou por conta do segmento Artigos de Residência (de 0,53% para -0,22%) tendo em vista, principalmente, a redução nos preços dos eletrodomésticos (de 0,32% para -1,01%) e dos artigos de TV, Som e Informática (de 0,64% para -0,74%).

Os grupos Habitação (de 0,85% para 0,44%), Saúde e Cuidados Pessoais (de 0,34% para 0,26%) e Despesas Pessoais (de 0,45% para 0,30%) também se destacaram pelo decréscimo na taxa de variação.

Para Transportes, a taxa ficou praticamente estável, ao passar de 0,16% em agosto, para 0,15% em setembro. Enquanto alguns itens tiveram alta como avião (de -10,86 para 3,55%) e automóvel usado (de -1,05 para 0,48%), outros tiveram comportamento inverso, com destaque para autom