Dirigente do Fla diz que negociação com novo técnico está encaminhada

Julio Calmon, JB Online

RIO - O vice-presidente de futebol do Flamengo, Marcos Braz, disse nesta segunda-feira que há sondagens do clube sobre vários técnicos do Brasil, mas admitiu estar próximo de acertar com um novo treinador. Sem revelar o nome, o dirigente deu pistas de ser alguém com história no Rubro-Negro. Duas novas possibilidades entraram na lista dos possíveis substitutos de Cuca: Jorginho, auxiliar de Dunga na Seleção Brasileira, e Paulo Cesar Carpegiani, atualmente no Vitória.

- Há uma negociação muito bem encaminhada e vamos esperar por ela até quando der. A identificação com o clube vai pesar bastante na escolha do novo técnico - revelou Braz.

O vice de futebol garantiu que não há nada acertado com Sérgio Guedes, que deixou o comando técnico do Santo André nesta segunda. Braz também disse que o resultado contra o Santos - vitória por 2 a 1 - colaborou para a manutenção do interino Andrade por mais um jogo, contra o líder Atlético-MG, quinta-feira, no Maracanã, e não descartou a possibilidade do auxiliar ser efetivado.

- São poucas as chances do Andrade continuar comandando a equipe, mas elas existem.

Márcio Braz reafirmou que o Flamengo oferecerá ao novo treinador um salário dentro da sua realidade financeira. Ele não considera o mercado inflacionado de técnicos brasileiros um obstáculo, mesmo sendo esse o motivo de Vagner Mancini não ter acertado com o clube.

- Pela situação que o Flamengo se encontra é necessário que se faça algo dentro da realidade financeira do clube - concluiu Braz.