Vasco: Pimpão e Gian podem voltar contra o Bragantino

Márcia Vieira, Jornal do Brasil

RIO - O técnico Dorival Júnior poderá contar com dois reforços importantes para o jogo desta terça-feira, contra o Bragantino, em São Januário. Segundo o médico Paulo César Andrade, o atacante Rodrigo Pimpão e o zagueiro Gian Mariano estão liberados do departamento médico e já começarão a treinar com bola.

O caso de Pimpão é o mais complicado. Ele ficou 24 dias no estaleiro, após sofrer uma lesão no joelho esquerdo. Resta saber se o treinador vai correr o risco de aproveitá-lo depois da longa inatividade. O zagueiro sentiu dores na coxa direita contra o Duque de Caxias e, como ainda reclamava de incômodo muscular, o departamento médico preferiu poupá-lo do jogo de sábado contra o Figueirense, em Florianópolis. Mas, agora, se Gian não reclamar de novas dores, vai ser liberado para treinamento com bola.

Além dos dois, o goleiro Tiago segue no departamento médico. Ele se machucou na véspera do jogo de estreia na Série B, com o Brasiliense, e se submeteu a uma artroscopia no joelho. Com uma boa recuperação, voltou rapidamente aos treinamentos, mas em seguida sofreu um estiramento na panturrilha direita e segue em tratamento.

Outro que não vê a hora de voltar a treinar no grupo principal é o zagueiro Fernando. Há dois meses fora das quatro linhas, ele segue em recuperação física e já começou os treinamentos com bola, mas não tem previsão de volta. A boa notícia ficou por conta do atacante Aloísio, que sofreu um lesão muscular, mas já está totalmente recuperado. Ele só espera a liberação do departamento jurídico para estrear com a camisa cruzmaltina. O imbróglio começou depois que o jogador deixou o Al-Rayyan, do Catar, antes da abertura da janela de transferência internacional, em agosto. Receando receber uma punição da Fifa, o jurídico prefere esperar a abertura da janela para o jogador entrar em campo.

Vasco quer adiar julgamento

O departamento jurídico do Vasco pediu ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) o adiamento do julgamento do meia Carlos Alberto, marcado para a próxima terça-feira. No mesmo dia, o Vasco enfrenta o Bragantino, às 21h, em São Januário, o que impossibilitaria a presença do jogador no tribunal. O capitão vascaíno foi denunciado em dois artigos do CBJD e corre o risco de levar um gancho de 30 a 120 dias.