Palmeiras fica sem contato direto com Muricy; Dorival Jr. é opção

Portal Terra

SÃO PAULO - O Palmeiras ainda não conseguiu contato direto com o técnico Muricy Ramalho, que recentemente deixou o São Paulo e é um dos nomes cotados pela diretoria alviverde para o lugar do demitido Vanderlei Luxemburgo. Além de Abel Braga, que está no Al Jazira (Arábia Saudita), o vascaíno Dorival Júnior surge como opção para o time do Palestra Itália.

Muricy está descansando no interior de São Paulo. Oficialmente diz que vai cumprir o período de 15 dias de repouso que prometeu depois de deixar a equipe tricolor do Morumbi. Sequer atende telefonemas.

Já Dorival Júnior, sobrinho de Dudu - ídolo no Palestra Itália durante a década de 70 -, está no meio da missão de levar o Vasco de volta à primeira divisão do futebol nacional. O time carioca está na sexta colocação da tabela da Série B do Brasileiro. Contando os jogos da Copa do Brasil, não sabe o que é uma vitória há sete partidas.

O mais perto que os cartolas alviverdes chegaram de Muricy foi um almoço com o representante do técnico, Márcio Rivellino, filho do ex-craque do Corinthians e Fluminense. Conversaram, mas falta ainda o diálogo direto com o Muricy.

Embora esteja descansando, Muricy deve começar a pensar no seu futuro depois de quarta feira, dia da final da Copa do Brasil em Porto Alegre.

Como haverá um derrotado, o destino do treinador pode ser um dos dois envolvidos: Internacional, um destino natural, e o Corinthians, que apesar da aparente calmaria vive dias atribulados nos seus bastidores. O time paulista venceu em casa o primeiro jogo por 2 a 0.

Além de estar na mira do Palmeiras, Muricy recebeu três convites. Dois de clubes do Oriente Médio e um de uma equipe brasileira, do Rio de Janeiro. O ex-são-paulino tem ainda um convite permanente do Náutico para voltar a dirigir o clube pernambucano quando desejar.