Thiago Neves sonha repetir atuação de gala contra seu rival predileto

Hilton Mattos, Jornal do Brasil

RIO - Thiago Neves ouviu de Parreira que a melhor despedida é com vitória. O meia quer seguir o conselho do treinador tricolor. Domingo, ele fará sua última partida com a camisa do Fluminense antes da transferência para o A-Hilal, da Arábia Saudita. O adversário é ninguém menos que o Flamengo. Logo o Flamengo, seu rival predileto. Se o jogador goza de prestígio com a torcida, deve-se muito aos três gols na goleada de 4 a 1 no ano passado, pela Taça Guanabara. A história hoje é outra, mas não custa traduzir em gols as palavras do consagrado mestre. Ainda mais para quem pensa um dia voltar.

- Seria bom me despedir marcando três gols novamente. A torcida ia ficar feliz. Mas a situação é outra. Ano passado, eles estavam com o time reserva. Vamos respeitar o Flamengo declarou um politicamente correto Thiago Neves, autor de gestos e declarações polêmicas num passado recente.

O camisa 10 das Laranjeiras se apresenta ao novo clube na segunda quinzena de julho, na Áustria, onde o Al-Hilal fará sua pré-temporada. O procurador do jogador, Léo Rabello, bem que tentou esticar o empréstimo do meia, mas os árabes recusaram. Serão quatro anos de contrato, num país de cultura rigorosa e vitrine que foge ao alcance de Dunga, técnico da Seleção Brasileira. Aos 24 anos, Thiago Neves não titubeou: entre os milhões de dólares e a projeção, optou pelo primeiro.

Volto com 28 anos. Ainda dá tempo. Lógico que meu sonho é ser convocado, mas posso esperar. Tem tanto velhinho aí voltando para a Seleção, com 28 anos estarei numa idade boa disse o jogador, que vai vestir a camisa 8 no novo clube.

Hábitos brasileiros

O Al-Hilal é presidido por um dos filhos de Abdullah, o rei de Riad. Thiago vai morar com a mulher, Marcela, e o irmão, Fernando, em uma vila habitada por brasileiros e jogadores importados de outros cantos do mundo. Livre do rigor dos árabes, levará uma vida normal. Fora, no entanto, terá de se enquadrar. Marcela, por exemplo, terá motorista particular, pois mulher é proibida de dirigir.