Atlético-PR gostaria de estar na posição do Corinthians

Elaine Felchacka, Portal Terra

CURITIBA (PR) - Neste sábado, o Atlético-PR volta a enfrentar o Corinthians, mas desta vez pelo Campeonato Brasileiro, na Arena da Baixada, às 16h10 (de Brasília). Este será o terceiro confronto entre os dois clubes, com uma vitória para cada lado, ambas pela Copa do Brasil.

E o treinador Waldemar Lemos sabe que não será fácil bater o Corinthians, mesmo com a equipe reserva, principalmente pela qualidade do elenco e pela situação que o clube paulista se encontra (disputando a final da Copa do Brasil e quinto colocado na tabela do Brasileiro).

Na quarta-feira os paulistas decidem a Copa do Brasil com o Internacional, no Beira-Rio.

E para o Atlético-PR, vencer o adversário deste sábado poderia ser um incentivo a mais para o clube que briga para deixar a zona de rebaixamento à Série B iniciar sua reabilitação.

- Seria muito bom (vencer), mas o mais importante de tudo é que se trata do Corinthians. Qualquer um gostaria de estar na situação do deles, e até nós mesmo gostaríamos estar nesta situação. É um grande clube, uma grande equipe e temos que fazer nossa parte - disse o treinador que comanda o lanterna do Brasileiro.

Sem nenhuma vitória em casa na competição Nacional, Waldemar Lemos aposta na velocidade da equipe para tentar acabar com o jejum. A entrada de Wesley no lugar de Marcinho foi a maneira encontrada por Lemos para deixar o time mais veloz.

- A velocidade será mantida com entrada do Wesley. A característica do time não deve mudar tanto, apesar de o Marcinho ser mais experiente, mas o Wesley tem me agradado demais - comentou o treinador.