Promessa Philippe Coutinho faz sua estreia no time principal do Vasco

Fúlvio Melo, Jornal do Brasil

RIO - Apenas 17 anos. Com essa idade, Philippe Coutinho, principal promessa formada no Vasco, estreia nesta sexta-feira, às 21h, contra o Duque de Caxias, pela sexta rodada da Série B, com a camisa do time principal. Maior revelação da base cruzmaltina nos últimos 10 anos, o jogador faz sua primeira partida entre os profissionais com data para deixar o clube. Já negociado com o Inter de Milão, o meia sairá no fim do ano. Ele será escalado no ataque cruzmaltino, que não marca gols há três jogos e não terá Rodrigo Pimpão, com o joelho direito machucado, e Carlos Alberto, suspenso por nova expulsão.

Ele foi bem nos jogos pela Seleção (de base) e no amistoso da última semana contra a Nicarágua. Philippe vai atuar como segundo atacante, mas vai flutuar para não perder suas características de meia disse o técnico Dorival Júnior.

Esta quinta-feira realmente não foi normal para Philippe. Dentro de campo, o treinador conversou bastante com o novato, indicando e posicionando a promessa dentro de campo. Além da técnica apurada, Philippe virou arma na bola parada. O requinte na batida, com as chuteiras rosas, fizeram Dorival optar pelo jovem para cobrar escanteios e faltas. Do lado de fora, assédio de crianças, atenciosamente tratada pelo também menino Philippe, que parava para dar autógrafos a cada solicitação.

Ele é sempre calado, na dele. Mas nesta semana estamos vendo a felicidade no rosto dele. Ele dispensa comentários disse Jéferson.

Técnico ressalta inteligência

Se o palco e a competição não são os acostumados para os torcedores cruzmaltinos, a titularidade de Philippe é o chamariz. Mas Dorival sabe que a expectativa criada em torno do jovem talento pode gerar críticas em caso de uma má atuação do inexperiente jogador.

Ele terá que provar dentro de campo e tenho certeza de que ele vai se sair bem disse Dorival para depois definir o jeito de jogar de Philippe numa só palavra: Inteligência.

Com um peso nas costas até superior a seu talento, a promessa que já tem cara de realidade mostra tranquilidade nas palavras. Como todo candidato a craque o instinto fala mais alto.

Estou tranquilo. Sempre sonhei com esse momento e se Deus quiser vou marcar o meu disse Philippe Coutinho.