Flamengo goleia Ivinhema e se classifica na Copa do Brasil

Julio Calmon, Jornal do Brasil

RIO DE JANEIRO - O fantasma da zebra que rondava o Flamengo depois da eliminação para o modesto Resende não apareceu em Campo Grande. Nesta quarta-feira, na estreia da equipe na Copa do Brasil, o time ganhou do fraco Ivinhema por 5 a 0 e já eliminou o adversário sem precisar da partida de volta. Agora, o Flamengo volta sua atenções para o Campeonato Carioca. No sábado, às 18h10, o time estreia na Taça Rio contra o Cabofriense, no Maracanã.

O Flamengo já iniciou o jogo com um problema. Ainda no vestiário, Juan sentiu a antiga contusão na coxa direita e não entrou em campo. No seu lugar, Cuca improvisou Kleberson.

A partida começou em um ritmo muito bom. Aos 15, Éverton Silva foi à linha de fundo e cruzou. Josiel subiu livre, mas cabeceou por cima. Um minuto mais tarde, Leonardo Moura invadiu a área e rolou a bola para Zé Roberto. Dentro da área, o camisa 10 chutou por cima. Mas não demorou muito para o Ivinhema assustar também. Em uma falta na entrada da área, aos 18, xxx bateu forte e Bruno espalmou.

Logo em seguida, aos 19 minutos, o Flamengo conseguiu abrir o placar em um lance curioso. Josiel recebeu na ponta esquerda, embaralhou-se com a bola e ainda cruzou errado. Para sua sorte, Leonardo Moura conseguiu empurrar para o fundo das redes com a sola da chuteira, mesmo com o ângulo bem reduzido.

Com o gol marcado, o Flamengo diminuiu a pressão que vinha fazendo e só voltou a assustar a defesa do Ivinhema aos 37, quando aumentou o placar. O lance mais uma vez foi curioso. Éverton Silva foi à linha de fundo e cruzou para o meio da área. Zé Roberto furou ao tentar uma letra e o zagueiro do Ivinhema chutou a bola em cima de Josiel. Na confusão, Zé Roberto ficou livre para marcar.

O próprio atacante marcou o terceiro gol aos 46. Kleberson deu bonito passe para ele, que só teve o trabalho de tirar do goleiro, para a alegria da torcida do Flamengo que lotou o estádio Morenão. Foi o quarto gol de Zé Roberto em seis partidas pelo Flamengo.

No segundo tempo, o time rubro-negro continuou seu treino de luxo. E os lances estranhos também voltaram a acontecer. Aos 11 minutos, Kleberson cruzou Fábio Luciano furou e Josiel chutou por cima da trave. Cinco minutos depois, foi a vez de Leonardo Moura entrar driblando na área e chutar rasteiro, mas nas mãos do goleiro.

Já com a classificação garantida, o Flamengo trocou passes e criou poucas chances de gol. Aos 39 , Fábio Luciano tabelou com Kleberson, que chutou forte para marcar o quarto gol. Ainda teve tempo para o argentino Maxi marcar o seu, em uma bonita conclusão depois de um cruzamento do chileno Fierro. 5 a 0 e classificação garantida.