Bloco do combate à dengue arrasta foliões em Ipanema

Agência Brasil

RIO - O combate à dengue virou tema principal de um bloco que arrastou uma multidão neste domingo, na Praia de Ipanema. Embalados pelo batuque de 200 ritmistas do grupo AfroReggae, os foliões eram lembrados por meio de um carro de som dos cuidados permanentes contra a dengue.

A idéia de misturar carnaval com saúde visa massificar a mensagem de que a luta contra a doença não pode parar, segundo o secretário estadual de Saúde, Sérgio Cortes. Ele participou do bloco e ajudou a animar a multidão, tocando percussão junto com os músicos.

- Nós temos que nos comunicar melhor com a população, porque as pesquisas mostram que as pessoas sabem o que é dengue e sabem como se prevenir, mas não fazem. Isso porque nós estávamos nos comunicando de maneira errada - avaliou Cortes.

Embora não preveja uma epidemia para este ano, o secretário afirmou que o objetivo é sempre a prevenção.

- Nós já estamos começando a campanha 'O Rio contra a dengue 2010', pensando sempre um ano na frente.

Cortes disse que a sintonia política atual entre as três esferas de governo tem ajudado a estabelecer uma luta comum contra a doença.

- Não existe agora nenhuma preocupação política. Existem discordâncias técnicas e todas são resolvidas em conjunto - afirmou.

Em 2008 foram registrados no estado mais de 255 mil notificações de casos de dengue, sendo 17.604 no mês de janeiro. Este ano, no mesmo mês, foram contabilizados 2.297 casos da doença.

O próximo evento cultural dentro da campanha contra a dengue vai acontecer na Praia de Botafogo, dia 1o de março, e fará parte da comemoração do aniversário da cidade. Segundo Cortes, está previsto um show com vários artistas, que deverá atrair 300 mil pessoas.