Marcelinho Paraíba será titular e Kléberson sai contra o Voltaço

Jornal do Brasil

RIO DE JANEIRO - Barrado na quinta-feira, Marcelinho Paraíba será titular hoje. Kléberson vai para o banco

Marcelinho Paraíba começou o ano reclamando de salários atrasados e esteve com um pé fora da Gávea. Ganhou o apoio dos jogadores, mas se desgastou com comissão técnica, diretoria e torcedores. Na quinta-feira, foi dele o gol que iniciou a reação rubro-negra na virada por 2 a 1 sobre o Bangu. Hoje, às 17h, em Volta Redonda, contra o time da casa, o apoiador tem a chance de retomar de vez a confiança da torcida. Basta ajudar o Flamengo a conseguir sua terceira vitória consecutiva no Campeonato Carioca, o que deixaria o time com um pé na semifinal da Taça Guanabara.

Apesar de dizer desde o fim do ano passado que gostaria de jogar na sua posição de origem, o meio-campo, Marcelinho Paraíba será ,ais uma vez escalado no ataque rubro-negro. Seu principal concorrente era o meia Everton, que foi escalado como titular na partida de quinta-feira. Mas Cuca decidiu escalar um time mais ofensivo, sacando Kleberson. Chateado com a reserva na última partida, Paraíba só quer jogar.

Fico triste, porque há bastante tempo não sabia o que era ficar na reserva. Sempre fui titular por onde passei. Aceito a decisão do Cuca porque não fui bem na estréia, mas espero que depois desse jogo ele tenha mais confiança em mim comentou Paraíba.

O técnico Cuca explicou que não há motivo para preocupações e que o início de temporada é mesmo propício a testes.

Daqui a pouco a equipe realiza uma grande partida e fica tudo definido afirmou Cuca.

Elenco apóia 'rebelde'

Pretendido pelo Cruzeiro, o apoiador garantiu que os problemas financeiros não interferem em seu rendimento. Por isso, momentos antes de o time entrar em campo contra o Bangu, Paraíba pediu a palavra para dizer que seu objetivo é continuar no clube.

Estou com meu pensamento aqui. Em momento algum falei que queria sair. Reclamei de algumas coisas, mas para mim é tudo passado. Aconteceram várias coisas que me chatearam, mas conversei com o Fábio Luciano e meus companheiros e avisei que estamos juntos.

Suas reclamações ganharam eco no elenco. Obina e Leonardo Moura foram dois dos jogadores que defenderam Marcelinho Paraíba na reivindicação do pagamento dos atrasados.

Ele está certo. Tem que reclamar mesmo. Chegou o momento. Chega o fim do mês e precisamos receber disse Obina.

No lado do Volta Redonda, o clube anunciou a contratação de Preto Casagrande e Robson Luiz, que não enfrentam o Flamengo, assim como Fernando e Fernandão, emprestados pelo rubro-negro.