Caixa adquire R$ 4,7 bi em carteiras de crédito

SÃO PAULO, 17 de outubro de 2008 - A Caixa Econômica Federal fechou informou hoje que fechou acordo de R$ 4,7 bilhões na compra de carteiras de crédito de quatro instituições financeiras. De imediato, o banco vai desembolsar R$ 1,1 bilhão e o restante - R$ 3,6 bilhões - no período de 24 meses por meio de acordos operacionais. Foram negociadas quatro carteiras de crédito na área de consignado e de middle market.

Para a compra dessas carteiras serão utilizados recursos originados do depósito compulsório (cerca de R$ 2,7 bilhões) e o restante das receitas de aumento de captação da Caixa este ano. O banco ainda está em negociação com mais oito instituições financeiras.

O vice-presidente de Finanças da Caixa, Márcio Percival, afirmou em nota que o acordo, além de melhorar as condições de reestruturação de capital e liquidez para os bancos, vai agregar valor aos ativos. "Vamos ampliar nossa participação nesses segmentos, na medida em que são operações de alta qualidade e que ampliarão o nosso market share", avalia.

Ainda segundo comunicado, a instituição afirmou que não cogita a elevação de taxa de juros nas operações imobiliárias, nem tampouco alteração no perfil básico dos produtos.

Da mesma forma, a Caixa confirma sua intenção de dar continuidade normal à oferta de recursos para financiamento, tanto para produção quanto para a comercialização de imóveis. Assim, mantém sua expectativa de aplicar em torno de R$ 23 bilhões no ano, com destaque para R$ 9,2 bilhões com recursos da poupança, R$ 10,9 bilhões com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e R$ 1 bilhão com recursos do Fundo de Arrendamento Residencial