FIA propõe medidas para corte de custos na F1

JB Online

SUZUKI - A Super Aguri, patrocinada pela Honda, deixou de competir após o Grande Prêmio da Espanha, em abril, ao passo que a chegada da equipe Prodrive acabou não se materializando.

A ex-campeã Williams, que registrou um prejuízo de 21,4 milhões de libras (37,54 milhões de dólares) no ano passado e que conta com o patrocínio do banco britânico RBS, hoje em dificuldades, e de empresas de propriedade da islandesa Baugur, também em crise, é atualmente a única equipe que não possui o patrocínio nem de uma montadora de veículos nem de um bilionário.

FUTURO INCERTO

No entanto, mesmo o futuro de equipes de montadoras começou a ser colocado em dúvida em meio a um cenário que inclui a demissão de funcionários por parte de fábricas, uma queda acentuada no valor de ações e o encolhimento do volume de vendas.

Tais equipes, como a Toyota, possuem orçamentos anuais que estariam deficitários em 400 milhões de dólares.

A FIA, que deve se reunir com a Associação de Equipes de Fórmula 1 (Fota) depois do Grande Prêmio da China, a ser realizado no domingo, apresentou três propostas para o período que vai de 2010 a 2012.

A primeira seria a adoção de um motor produzido por um único fornecedor. Depois da escolha desse motor, os atuais fabricantes de motores poderiam construir suas próprias versões seguindo o mesmo modelo.

Outra opção seria fazer com que um consórcio de equipes adquirisse um motor de baixo custo de um único fornecedor. Uma terceira alternativa, proposta pela Fota, sugere que equipes independentes recebam o conjunto propulsor (motor e caixa de câmbio) pagando menos de 5 milhões de euros (6,83 milhões de dólares) por equipe, por temporada.

Essa última proposta incluiria ainda 30 mil quilômetros de teste e assistência na pista.

Para 2013, a entidade afirmou desejar ver a adoção de um conjunto propulsor moderno e de alta tecnologia, dotado de um motor mais compacto que use sistemas de recuperação da energia despendida na exaustão e na forma de calor.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais