Bourdais cobra definição rápida da Toro Rosso

JB Online

SUZUKI - Apesar de ver a cúpula da Toro Rosso garantir que só anunciará sua dupla de pilotos para 2009 ao fim da atual temporada da Fórmula 1, Sebastien Bourdais não se acanha em dizer que não pode esperar tanto tempo, no intuito de cobrar uma definição mais rápida.

Bastante pressionado na parte final do Mundial de Pilotos de 2008, uma vez que tem apresentado rendimento bastante inferior ao de Sebastian Vettel, Bourdais sabe que precisa de bons resultados para garantir sua permanência na equipe italiana.

Nesse contexto, o sexto lugar garantido por ele no Grande Prêmio do Japão (que depois se transformou no décimo posto em virtude de uma polêmica punição) parecia lhe servir como um trunfo, mas mesmo que Gerhard Berger, co-proprietário da equipe italiana, tenha elogiado o seu rendimento, preferiu adiar a definição dos pilotos para novembro.

Por ter sido tetracampeão da Fórmula Indy antes de entrar na F-1, o que ocorreu neste ano, Bourdais tem as portas abertas no automobilismo norte-americano, alegando que não pode aguardar tanto para saber se terá futuro na elite do automobilismo.

- Sou um piloto professional e não posso apostar tudo em esperar, esperar e esperar. Se, em dezembro, eles da Toro Rosso escolherem algum outro, eu seria deixado sem vaga em lugar nenhum, afirmou.

Garantindo que continuará a fazer sua parte na pista, o que inclui o Grande Prêmio da China, marcado para este fim de semana, o francês quer saber se permanecerá na equipe o quanto antes.

- Neste momento eu preciso de uma decisão, mas competir é tudo o que posso fazer. A partir daí, a responsabilidade não é mais minha. As coisas são complexas do que eu gostaria que elas fossem, e infelizmente pode ser que eu paga o preço, mas não há muito que eu possa fazer, lamentou.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais