BH: Leonardo Quintão diz que sofre ameaças de morte

Portal Terra

BELO HORIZONTE - O candidato à Prefeitura de Belo Horizonte, o deputado federal Leonardo Quintão (PMDB), disse, após participar de um debate com o adversário, o candidato Márcio Lacerda (PSB), que vem sofrendo ameaças de morte anônimas por telefone. - Estão dizendo que vão me pegar na rua, que vão acabar comigo, me dar porrada. Eu vou hoje até a Polícia Federal pedir proteção - afirmou.

O debate aconteceu no Colégio Dom Silvério, bairro Santo Antônio, e foi promovido pelo jornal Folha de S. Paulo. Quintão disse que tem dificuldade de participar de eventos de campanha porque tem sido perseguido por pessoas que seriam militantes da campanha de Lacerda.

- No debate do Promove (faculdade de Belo Horizonte) eu fiquei sitiado dentro da faculdade quase duas horas. E ontem, novamente eu pedi para a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) para que tivessem somente estudantes da faculdade. Aí ficou a militância contratada do outro candidato lá fora, eles invadiram a faculdade pra fazer tumulto. Informaram também para o pessoal da minha campanha que tinha gente armada lá - denunciou.

Quintão informou que ele registrou duas ocorrências policiais relatando as supostas ameaças de morte. - Estou correndo risco de vida aqui em Belo Horizonte. Teve briga ontem (na UFMG), bateram no meu pessoal, e é gente contratada. Miltantes do Márcio (Lacerda) com bandeiras - concluiu.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais