Contas do PTN são rejeitadas pelo TRE-SP

Portal Terra

SÃO PAULO - O Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) rejeitou as contas da direção regional do Partido Trabalhista Nacional (PTN) referentes ao exercício de 2002. Com isso, os magistrados suspenderam ainda a transferência de novas cotas do fundo partidário ao diretório regional.

O PTN teve as contas reprovadas por não apresentá-las dentro do prazo legal e não atender às diligências determinadas.

De acordo com a lei vigente, a falta de prestação de contas ou sua desaprovação total ou parcial implica na suspensão de novas cotas à esfera partidária responsável pela irregularidade.