Kassab já fala como adversário de Marta no 2º turno

Portal Terra

SÃO PAULO - O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, que concorre à reeleição pelo DEM, inaugurou nesta quinta-feira um comitê regional no bairro de Santo Amaro, conhecido reduto petista, e já falou como o rival de Marta Suplicy no segundo turno. - É necessário que a ex-prefeita fique mais calma, ela é uma pessoa muito nervosa. Precisamos elevar o nível da campanha para o segundo turno. Eu tenho muito respeito pelo Geraldo Alckmin, mas sinto que serei eu o adversário da ex-prefeita na segunda fase das eleições - afirmou.

Ao lado do secretário de Educação, Alexandre Schneider, e da ex-deputada federal e dissidente do PSDB, Zulaê Cobra, Kassab não evitou comparações com os feitos da administração de Marta Suplicy. - De nada adianta a ex-prefeita dizer que vai melhorar a questão do trânsito e das escolas se for eleita. Ela já teve uma chance de ser reeleita e não foi. Por isso, agora é preciso deixar quem trabalha fazer - afirmou.

Muito exaltada, Zulaê Cobra não poupou críticas a Marta Suplicy. - Eu não gosto daquela mulher, é antipática, metida, prepotente. Ela morre de inveja do Kassab - completou. - Já o Geraldo, já era, coitadinho. Ele ficou pra trás. O PSDB que vota Kassab é o PSDB corajoso - enfatizou.

Em seguida, Kassab vistoriou uma escola municipal recém-reformada, onde tomou café da manhã com mais de 100 crianças. Ele visitou salas de aula, onde perguntou às crianças quem era são-paulino e prometeu reformar todas as escolas da prefeitura em 5 anos.

Questionado se estava corrigindo os erros do ex-prefeito Celso Pitta, responsável pela inauguração da escola visitada, Kassab se limitou a dizer que não fala mais sobre ele, pois já está condenado, e foi um mau prefeito. Kassab foi o secretário de planejamento da gestão Pitta na prefeitura.