Sem fogos, Ninho tem 3º ensaio antes da abertura

Portal Terra

PEQUIM - A cena do último dia 16, quando fogos de artifício iluminaram a noite de Pequim e fortes estrondos assustaram as pessoas próximas ao Estádio Olímpico, mais conhecido como Ninho de Pássaro, parecia que iria se repetir. Porém, o terceiro ensaio para cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos, realizado na noite desta sexta-feira (horário local), foi bem mais discreto e sem o espetáculo de luzes.

A movimentação começou por volta das 19h, quando um grande número de pessoas lotou os arredores do Ninho de Pássaro. As ruas próximas ao estádio, que estão liberadas apenas para carros credenciados e normalmente ficam desertas, estavam cheias de ônibus e carros lotados com participantes do ensaio.

Um grupo de mais de 200 garotas carregava placas com os nomes dos países participantes dos Jogos escritos em mandarim, francês e inglês. Sorridente, a jovem que levava a placa do Brasil mostrou grande entusiasmo ao ser abordada pela reportagem do Terra.

A todo o instante, adolescentes chineses corriam de um lado para o outro em busca do local certo para entrar no estádio, que receberá a festa de abertura no próximo dia 8 de agosto.

Posicionado em frente a um dos portões, lutadores de artes marciais ensaiaram os movimentos que farão durante a cerimônia.

Após mais de duas horas de expectativa, a frustração tomou conta das pessoas que estavam do lado de fora no Ninho de Pássaro ao ver os mesmos ônibus que causaram tumulto horas atrás deixarem o local silenciosamente.

Assim como no primeiro ensaio, realizado no último dia 11, a curiosidade e o mistério marcaram a importante preparação para o início do maior evento esportivo do planeta.