Rússia quer estar entre três primeiros na Olimpíada

Portal Terra

PEQUIM - Leonid Tyagachev, presidente do Comitê Olímpico Russo, disse que seu país competirá nos Jogos Olímpicos de Pequim mirando terminar a competição entre os três primeiros lugares no quadro de medalhas. O dirigente ainda elogiou a organização da Olimpíada.

- As sedes olímpicas e outras infra-estruturas são excelentes e o governo se esforçou ao máximo para garantir o trânsito sem contratempos durante a Olimpíada, disse Tyagacheve.

- Um total de 470 atletas russos formarão a equipe olímpica do país. Ao todo, a delegação completa terá de entre 800 e 900 membros, disse.

O funcionário de esportes disse que seu comitê entregou um relatório que demanda ao governo russo que duplique os prêmios para os ganhadores olímpicos, que são de US$ 50 mil.

Sobre as medalhas que seu país poderá ganhar na Olimpíada, Tyagachev disse que não deseja anunciar um plano ao respeito e insistiu em que a competição será muito difícil.

Tyagachev expressou sua confiança em que a Rússia ganhe medalhas nas mais de 20 competições esportivas que participará.

- Em particular, tenho grandes esperanças na luta livre, atletismo e boxe, disse.