Com Seleção Brasileira, Cingapura respira Fórmula 1

Portal Terra

CINGAPURA - Cingapura, que recebe a Seleção Brasileira para um período de treinos de preparação para os Jogos Olímpicos de Pequim, vive clima intenso de futebol. No entanto, outro esporte, o automobilismo, marca forte presença nas ruas da cidade-estado do sudeste asiático. Obras e carros de competição expostos no centro deixam claro que a Fórmula 1 está na moda.

A cerca de 100 metros do hotel onde a delegação está hospedada, é possível ver as obras das instalações para a pista. O circuito de rua contará com o asfalto perfeito por onde hoje trafegam os carros de passeio e ônibus. Um pouco mais adiante é possível observar, em estágio avançado, a construção da área onde estarão os boxes e a torre da direção de prova.

O local para a largada parece ter sido escolhido a dedo. Os carros formarão o grid quase em frente à Singapore Flyer, a maior roda gigante do mundo, com 165 metros de altura.

Na mesma região, operários trabalham até o anoitecer na construção de um parque de diversões temático. Mesmo antes da inauguração, um carro da equipe BMW-Sauber, dos pilotos Robert Kubica e Nick Heidfeld, decora o local.

Nas calçadas já há os primeiros guard-rails, proteção de metal que separa a pista dos canteiros e jardins que decoram as vias do centro de Cingapura.

O GP de Cingapura será disputado no dia 28 de setembro. É a primeira vez na história da Fórmula 1 que um corrida será realizada à noite. Depois da prova, o circo da F-1 ainda visitará Japão, China e Brasil.