Scheidt: vontade por medalha aumenta na classe Star

Portal Terra

BRASÍLIA - O velejador Robert Scheidt afirmou nesta sexta-feira que sua vontade por conquistar uma medalha olímpica aumenta agora que ele compete pela classe Star. Bicampeão olímpico na categoria Laser, Scheidt competirá pela primeira nos Jogos na nova modalidade.

- A vontade é maior. Minha vontade sempre cresceu, principalmente agora que estou competindo em uma outra classe ao lado do Bruno (Prada). É um desafio novo - disse, admitindo que já não é mais franco favorito à medalha de ouro.

- Não tem favoritos na classe Star. Serão nove duplas concorrendo em iguais condições. Será a Olimpíada do equilíbrio, numa raia complicada, com ventos fracos - explicou.

- Estou indo para a Olimpíada hoje não como pleno favorito como ia nas últimas ocasiões. A gente sabe que nossa disputa vai ser muito dura na classe Star, mas acho que a história mostra que eu sempre cresci em momentos de pressão e, na hora que a gente chegar na China e sentir o clima, a gente vai crescer como dupla e vai evoluir e fazer um bom resultado - afirmou o atleta.

Em sua quarta Olimpíada, Scheidt disse que ainda "dá um frio na barriga" por participa de um dos maiores campeonatos do mundo.

- A emoção de participar da Olimpíada é sempre a mesma, apesar de ser a minha quarta participação. Será um momento de grandes emoções, às vezes feliz e às vezes triste, mas vamos lá para representar a nação - declarou.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais