Hugo Hoyama diz que é difícil para Brasil conquistar medalha em Pequim

Angélica Paulo, JB Online

RIO - Depois de ser escolhido pela Confederação Brasileira de Tênis de Mesa como terceiro integrante da Seleção brasileira masculina que disputará os Jogos Olímpicos de Pequim, Hugo Hoyama afirmou que acha difícil que o Brasil conquiste uma medalha na modalidade.

Para o mesatenista, apesar de contar com uma boa equipe, o Brasil ainda não tem condições de disputar o pódio com adversários mais fortes, mas tem grandes chances de voltar para o Brasil como um dos oito melhores do mundo.

Segundo Hoyama, a equipe brasileira vem treinando forte e embarca para o sul da China na metade do mês de julho, para a fase de aclimatação antes do início dos Jogos.

Esta é a quinta Olimpíada de Hugo Hoyama, que é recordista brasileiro de medalhas em Jogos Pan-Americanos, tendo conquistado, no Rio, sua nona medalha.