Para ex-técnico, Edmundo não se "encaixa" no Vasco

Portal Terra

RIO - O técnico Alfredo Sampaio, que deixou nesta segunda-feira o cargo de treinador do Vasco, admitiu que o experiente atacante Edmundo não está se encaixando no jovem grupo cruzmaltino e por algumas vezes até está atrapalhando o elenco.

Em entrevista à ESPN Brasil, o ex-comandante do time explicou a sua saída de São Januário e reforçou a confiança no plantel de jogadores do clube carioca, que disputará a semifinal de Taça Rio e a segunda fase da Copa do Brasil.

- Confio no grupo que está lá. O projeto é muito legal, de trabalhar com jogadores jovens. Mas algumas peças, como o próprio Edmundo, não se encaixam neste perfil e acabam atrapalhando - disse o técnico.

Contratado no início da temporada para ser o auxilar-técnico de Romário, Alfredo acabou exercendo a função durante a suspensão do camisa 11 por doping, e foi efetivado após o desligamento do artilheiro, que acusou interferência do presidente Eurico Miranda em seu trabalho.

Questionado sobre o seu relacionamento com o mandatário vascaíno, o treinador do Madureira disse que sempre teve um bom convívio com Eurico e negou qualquer desentendimento durante o tempo em que comandou a equipe carioca.

- O presidente Eurico Miranda, ao contrário do que muitos falam e pensam, é uma pessoa fácil de lidar e sempre muito transparente. Nunca houve essa questão (de interferência no meu trabalho) - afirmou Alfredo.

Edmundo foi contratado pelo Vasco ainda quando a equipe era comandada por Romário, mas não teve chances no time com o antigo desafeto.

O experiente jogador só foi utilizado na semifinal da Taça Guanabara, contra o Flamengo, após o desligamento do camisa 11. Na ocasião, Edmundo perdeu um pênalti na eliminação da formação cruzmaltina.