Lewis Hamilton reconhece que não esteve bem no treino deste sábado

Agência EFE

KUALA LAMPUR - O inglês Lewis Hamilton, da McLaren, que neste domingo partirá da segunda fila do grid de largada do Grande Prêmio da Malásia de Fórmula 1, confessou que hoje não tinha feito um trabalho perfeito.

Hamilton ficará atrás das Ferrari do brasileiro Felipe Massa - o pole position - e do finlandês Kimi Haikkonen, e de seu colega de escuderia, o finlandês Heikki Kovalainen.

- Para ser honesto, acho que não fiz um trabalho perfeito. Era difícil encontrar um espaço entre o tráfego e isso me impediu de aquecer os freios e os pneus como deve ser feito - disse Hamilton.

O vice-campeão do mundo da temporada passada disse que 'parecia que não havia muita aderência nos pneus na última sessão, e isso me prejudicou.

- Mas é preciso ser positivo, tenho uma boa posição e tudo pode acontecer na corrida deste domingo - concluir Hamilton.