Primeiro treino livre do GP da Malásia será nesta quinta

Agência EFE

KUALA LAMPUR - O Mundial de Fórmula 1 de 2008 chega nesta semana ao circuito de Sepang para o Grande Prêmio da Malásia, com o primeiro treino livre marcado para as 23h desta quinta-feira (horário de Brasília), após a tumultuada etapa de abertura na Austrália, vencida pelo inglês Lewis Hamilton, da McLaren.

A expectativa para a corrida no país asiático é de que seja possível analisar melhor o desempenho de escuderias e pilotos, já que o fato de apenas sete carros terem cruzado a linha de chegada na Austrália dificultou bastante a elaboração de um panorama sólido para o resto de 2008.

Entretanto, pelo menos a McLaren já conseguiu mostrar a que veio na abertura da atual temporada, com a vitória de Hamilton e o quinto lugar do finlandês Heikki Kovalainen - que fez uma boa pilotagem apesar do erro que lhe custou o quarto posto para o espanhol Fernando Alonso, da Renault.

Por outro lado, a Ferrari, a maior concorrente da escuderia de Ron Dennis, chega à Malásia com o objetivo de superar o fiasco da estréia, quando o brasileiro Felipe Massa e o finlandês Kimi Raikkonen cometeram erros durante a corrida e abandonaram a prova com problemas mecânicos.

Massa não é o único piloto brasileiro que buscará sua recuperação na pista de Sepang. Nelsinho Piquet, da Renault, quer virar a página de sua conturbada estréia na Fórmula 1, na qual seu abandono na corrida foi o ponto culminante de um final de semana problemático.

Já Rubens Barrichello, da Honda, foi o grande destaque da etapa australiana ao conseguir chegar em sexto lugar com um carro ainda tido como fraco, mas acabou sendo desclassificado da prova por ter deixado os boxes quando estes estavam fechados.

Fernando Alonso também surpreendeu ao obter o quarto lugar na corrida de abertura da temporada com um carro que ainda está longe das equipes de ponta, mas só deve conseguir repetir tal desempenho em Sepang se Ferrari e McLaren tiverem problemas.

A situação de Alonso é a mesma dos alemães Nick Heidfeld, da BMW Sauber, e Nico Rosberg, da Williams, respectivamente segundo e terceiro colocados na Austrália, e de seus respectivos companheiros de escuderia, o polonês Robert Kubica e

o japonês Kazuki Nakajima.

No resto do grid as atenções se voltam para os pilotos da Toro Rosso. O francês Sébastien Bourdais surpreendeu ao pontuar no GP da Austrália mesmo tendo abandonado a prova com problemas mecânicos após ocupar a quarta colocação.

Já seu companheiro de escuderia, a revelação alemã Sebastian Vettel, também não terminou a corrida de abertura da temporada, mas está em evidência devido aos rumores que envolvem sua suposta transferência para a Ferrari em 2009 no lugar de Felipe Massa.