O Botafogo com sete desfalques contra a Cabofriense

JB Online

RIO - O Botafogo terá sete desfalques no jogo desta quarta-feira, contra a Cabofriense, no Estádio Olímpico João Havelange, o Engenhão. Nada que tire o otimismo do técnico Cuca, que o time vai conseguir nesta partida a classificação para as semifinais da Taça Guanabara.

Cuca vai aproveitar o jogo com a Cabofriense para ver como se saem diversos reservas, alguns dos quais estreantes, como o zagueiro André Luiz e o volante Róbson. E haverá uma novidade no banco: o atacante argentino Escalada, sem os quilos em excesso de quando chegou ao Brasil.

O Botafogo está na liderança do Grupo B e com 100% de aproveitamento. Nesta partida contra a Cabofriense só terá quatro titulares: o zagueiro Renato Silva, os laterais Alessandro e Triguinho, além do volante Túlio. O técnico Cuca vai mudar até o esquema. Ao invés do 4-4-2, o time atuará no 3-5-2.

E neste jogo com a Cabofriense não contará o goleiro Castillo, servindo à Seleção do Uruguai. Será substituído pelo júnior Renan, de 18 anos. Zé Carlos está suspenso por ter sido expulso no clássico contra o Vasco. O zagueiro Ferrero, o meia Lúcio Flávio e o atacante Wellington Paulista serão poupados. Diguinho fiará no banco. Jorge Henrique se recupera de contusão na coxa esquerda.

O time mais provável: Renan; Renato Silva, André Luiz e Édson; Alessandro, Túlio, Róbson, Adriano Felício e Triguinho; Fábio e Abedi.