Botafogo empata com a Cabofriense: 1 a 1

JB Online

RIO - O Botafogo não tem mais 100% de aproveitamento. Empatou por 1 a 1 com a Cabofriense, no Estádio Olímpico João Havelange, o Engenhão. Lúcio Flávio, de pênalti, marcou para o Botafogo, e Fabinho fez o gol da equipe de Região dos Lagos.

O Botafogo não começou jogando bem. Lento, confuso, sem criatividade. O time se ressentiu do desfalque dos sete titulares e sobretudo da falta de entrosamento. O meio de campo errou muitos passes, principalmente Abedi e Adriano Felício. E Fábio estava muito isolado, no ataque.

Já a Cabofriense, bem fechada, parecia disposta a tentar vencer o jogo em contra-ataques ou em uma jogada de bola parada. E acabou marcando assim. Após cobrança de falta, Fabinho, de cabeça, fez Cabofriense 1 a 0, placar do primeiro tempo.

O Botafogo voltou para o segundo tempo mais ofensivo. Saiu Abedi e entrou o argentino Escalada, que finalmente estreou, e Lúcio Flávio no lugar de Róbson. Com as mudanças, o time ficou mais ofensivo e passou a pressionar.

Algo que aumentou quando Marcos Marino foi expulso. O Botafogo teve boa chance com Lúcio Flávio, em cobrança de falta, aos 12 minutos. Logo depois, Escalada perdeu gol incrível. Gatti defendeu com o pé. Mas aos 33 não teve jeito. Lúcio Flávio, de pênalti, empatou o jogo.

Depois, Gatti começou a fazer uma série de defesas e garantiu o empate por 1 a 1.

O Botafogo jogou com Renan; Renato Silva, André Luiz e Édson; Alessandro, Túlio, Róbson (Lúcio Flávio), Adriano Felício (Marcelinho) e Triguinho; Fábio e Abedi (Escalada).