Natália Guimarães fala sobre preparativos para desfile da Vila

Angélica Paulo, JB Online

RIO - Desde que perdeu o posto de miss Universo para a japonesa Riyo Mori, a brasileira Natália Guimarães, eleita a mais bela do país em 2007, vem colhendo os louros do sucesso em terras brasileiras. Para coroar um ano de muito trabalho e sucesso, a miss Brasil terá um desafio a mais no carnaval: reinar absoluta à frente da bateria da Unidos de Vila Isabel.

Para não fazer feio na avenida, Natália vem enfrentando uma verdadeira maratona de exercícios e cuidados especiais, além dos compromissos contratuais que o posto de miss Brasil exige. Morando praticamente no Rio, onde passa a maior parte do tempo, a mineira de Juiz de Fora revelou pequenos segredos para estar em forma no momento do desfile:

- Não mudei muito minha alimentação, mas evito doces e frituras. Mesmo quando tenho vontade de comer chocolate, que eu adoro, fico só com um pedacinho da barra contou Natália.

Acostumada a ver os desfiles das escolas de samba do Grupo Especial pela TV, a miss conta que este ano estava preparada para assistir as apresentações das agremiações, pela primeira vez, de um camarote na Sapucaí, quando recebeu o convite da azul-e-branca de Noel Rosa.

- Fiquei extremamente feliz quando recebi o convite. Hoje, às vésperas do desfile, também estou nervosa, emocionada e ansiosa falou.

Para vir à frente dos ritmistas, Natália intensificou a malhação. Faz academia três vezes por semana com o personal trainner Marcelo Barbosa. Para provar que está mesmo disposta a empolgar o público, vem fazendo aulas de samba duas vezes por semana, com a professora Carla Campos, na academia A!Body Tech de Ipanema.

O resultado de tanta dedicação poderá ser comprovado na próxima sexta-feira, quando a Vila Isabel faz seu último ensaio técnico antes do desfile da segunda-feira de carnaval. Natália diz que a recepção do público no primeiro ensaio técnico da escola foi fundamental para que se sentisse segura. Além disso, a interação com a bateria, segundo ela, é ótima.

- No primeiro ensaio na Sapucaí recebi uma surpresa emocionante da bateria. Todos estavam usando a camiseta da escola com a minha foto estampada. Foi maravilhoso! disse, acrescentando que o fato de a bateria vir representando os imigrantes japoneses foi uma grande coincidência com o fato de ter perdido o posto de miss Universo para uma representante da terra do sol nascente.

- Independentemente de qualquer outra coisa, venho representando a escola. Além disso, não tenho o menor problema com o Japão, até porque meu prato preferido vem de lá revelou, referindo-se ao sushi. Deus sabe o que faz e se tivesse ganhado o posto de miss Universo, não poderia participar deste espetáculo maravilhoso que é o Carnaval.

Natália, que chegou de Punta Del Este na última segunda-feira, fica no Rio até o dia 30 de janeiro e, além do ensaio técnico na Sapucaí, também estará presente no próximo sábado, na quadra da escola. Depois viaja novamente, retornando no dia primeiro, para os últimos ajustes para o desfile. Sobre a roupa que usará na Sapucaí, faz poucas revelações.

- Não tenho muitos detalhes sobre a roupa. Minha única exigência foi não vir com nada de fora. No mais, confio plenamente no carnavalesco da escola finalizou.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais