Galp ganha mais sete blocos petrolíferos no Brasil

A petrolífera portuguesa Galp Energia adquiriu mais sete blocos de petróleo no Brasil durante a rodada de licitações promovida pela Agência Nacional do Petróleo (ANP). As novas concessões estão localizadas em Campos, Santos e Pernambuco, elevando sua participação para 61 ativos no país.

Os 10% que a Galp detém no bloco 11 de Tupi, a reserva recém descoberta pela Petrobras, em Santos, poderão garantir a Portugal cerca de um terço das suas necessidades petrolíferas dos próximos 15 anos, tendo em conta o atual consumo diário que é de 300 mil barris.

A Petrobras foi a principal parceira da Galp nos consórcios, sendo que em um deles, a estatal brasileira, operadora do consórcio, detém participação de 47,5%, a colombiana Ecopetrol 37,5% e a Galp Energia participação de 15%. Em outro consórcio, a portuguesa ficou com participação de 20%, a Petrobras 60% e a também brasileira Queiroz Galvão 20%. As ações da Galp seguiam a valorizar 2,43% para ? 13,90.

A nona rodada de licitação para a concessão de 271 blocos para exploração de petróleo teve participação de 67 empresas, 32 brasileiras e 35 estrangeiras. Até agora, a operação rendeu aos cofres brasileiros R$ 2,109 bilhões.