Petrobras reduz entrega de volume de gás à CEG

A Companhia Estadual de Gás do Rio de Janeiro (CEG) divulgou há pouco um comunicado informando sobre a redução do transporte de gás natural pela Petrobras. Para evitar problemas, a CEG decidiu interromper o fornecimento de gás para 89 postos de GNV da cidade do Rio. Segue a íntegra da nota com os esclarecimentos sobre o assunto.

"A Companhia Distribuidora de Gás do Rio de Janeiro - CEG e a CEG RIO - informa que recebeu ontem, às 20h25, notificação da Petrobras, comunicando redução do volume diário entregue às Companhias, em função de desequilíbrio na malha de transporte de gás natural da própria Petrobras.

Desde o início da manhã de hoje (7h), a Petrobras reduziu em aproximadamente 1,3 milhão de metros cúbicos, dos 7,57 milhões que são fornecidos diariamente às Companhias.

A medida provocou uma redução automática na rede de alta pressão da CEG e da CEG RIO, gerando queda substancial dos volumes entregues às grandes indústrias e postos de GNV.

Com o objetivo de garantir a segurança do sistema de distribuição e assegurar o fornecimento de gás para residências e comércios, a CEG - adicionalmente - está interrompendo o fornecimento de gás para 89 postos de GNV localizados na região metropolitana do Rio de Janeiro (Zona Sul, Centro, Tijuca, Grajaú, São Cristóvão e todo o trecho entre os bairros de Benfica e Ilha do Governador).

As retiradas de gás da CEG/CEG RIO estão, atualmente, no mesmo patamar observado nos últimos doze meses, não havendo portanto nenhuma alteração substancial que tenha contribuído para qualquer tipo do problema na malha de transporte da Região Sudeste."