BoJ inicia reunião de política monetária

O Banco do Japão (BoJ, central) iniciou há pouco sua reunião de política monetária para analisar a situação econômica do país. A expectativa do mercado nipônico é de que a autoridade monetária mantenha a taxa básica de juros inalterada em 0,50% ao ano.

A instituição japonesa apresentará hoje um relatório sobre a situação macroeconômica do Japão durante o primeiro semestre do ano fiscal de 2007, de abril a setembro. Os investidores estão atentos aos comentários da entidade sobre os efeitos da crise hipotecária norte-americana na economia nipônica.

O encontro do BoJ ocorre no mesmo dia em que o Federal Reserve (Fed, banco central dos Estados Unidos) decidirá se reduzirá ou não a taxa básica de juros na maior economia do mundo, atualmente fixada em 4,75% ao ano.

Após seis anos de juros em 0%, o BoJ elevou as taxas para 0,25% em julho de 2006 e 0,50% em fevereiro de 2007. O juro japonês ainda é considerado baixo em comparação a outras grandes economias.