Rede de oleodutos e gasodutos cresce 62% em 4 anos

A China ampliou sua rede de oleodutos e gasodutos em 62% nos últimos quatro anos, totalizando em 48 mil quilômetros. Apesar de o gigante asiático se esforçar por encorajar e respaldar as empresas de energias renováveis, a necessidade de combustíveis fósseis do país aumenta a cada ano, motivada pelo desenvolvimento econômico que foi de 11,9% no segundo trimestre de 2007.

A Petrochina, a maior produtora de petróleo do país, anunciou que suas jazidas da província de Qinghai (noroeste) produzirão o equivalente a 73,3 milhões de barris de petróleo em 2010. Neste ano, a Petrochina aumentará sua produção em Qinghai em 10%, em relação a 2006, até extrair petróleo equivalente a 5,5 milhões de barris este ano.

A demanda energética da China, o maior consumidor do mundo depois dos Estados Unidos, aumentou 5,9% em 2007, para 7,6 milhões de barris ao dia, segundo as previsões.

As informações são do jornal Shangai Daily.