Acusado de ser antiético, Cuca minimiza declarações de Mário Sérgio

Portal Terra

RIO - O técnico Cuca, que acertou seu retorno ao Botafogo neste domingo, minimizou as declarações do antigo treinador da equipe, Mário Sérgio, que o acusou, em entrevista ao Terra TV de ser antiético ao não esquecer seu passado no clube e deixar o novo comandante trabalhar.

Cuca, que já comandou o primeiro treino nesta segunda-feira, afirmou que, antes de aceitar o convite para voltar ao clube carioca, tentou entrar em contato com o antigo treinador alvinegro.

- O Rivadávia Corrêa (diretor de futebol do Botafogo) me ligou perguntando se eu tinha interesse em voltar e o meu primeiro ato foi desligar o telefone e ligar para o Mário Sérgio. Não consegui falar com ele, já que estava na caixa postal. Aí, deixei um recado no celular explicando qual era a situação - disse Cuca.

O treinador afirmou que respeita e tem admiração por Mário Sérgio, e que preferia não entrar na polêmica.

- Ele é um grande profissional e deve ter seus motivos para deixar o Botafogo - disse o comandante.