Palmeiras vence e deixa Grêmio para trás

Portal Terra

SÃO PAULO - O Palmeiras deu um bom passo neste sábado para conquistar um vaga na Copa Libertadores da América, ao vencer o Grêmio por 2 a 0, pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o time alviverde deixou para trás o adversário direto na competição.

No Estádio do Parque Antarctica, o Palmeiras começou pressionando. Nos primeiros minutos Saja fez boas defesas, primeiro em uma cobrança de falta de Caio e depois em um chute forte de Rodrigão.

Porém, aos 13min, o goleiro gremista não teve tanta sorte e aceitou a cobrança de falta de Caio, que chutou com habilidade e fez a bola quicar no chão antes de entrar, confundindo Saja. Foi o sétimo gol do meia-atacante, que se tornou o artilheiro da equipe na competição.

Mesmo com a vantagem, o time paulista continuou no ataque e ampliou aos 23min. Rodrigão tabelou com Valdívia e bateu na entrada da área, no canto direito inferior de Saja, para marcar seu primeiro gol no Palmeiras.

Com dificuldades para criar, o Grêmio chegou poucas vezes ao gol de Diego Cavalieri. Aos 32min, Caio teve mais uma cobrança de falta e quase assinalou pela segunda vez. A bola explodiu na trave esquerda.

Aos 41min, Tuta chutou de fora da área e a bola sobiu demais, para desepero do técnico Mano Menezes, que reclamou muito com o time durante a primeira etapa.

No segundo tempo, Thiego deu lugar a Luciano Fonseca e o Grêmio melhorou a parte ofensiva. Aos 10min, Diego Souza ajeitou de cabeça para o meio da área e Tuta pegou de primeira. Diego Cavalieri fez linda defesa e evitou o gol.

Sem pressa para avançar, o Palmeiras passou a tocar a bola para assegurar o bom resultado. Aos 25min, o time paulista já tocava a bola aos gritos de "olé". O Grêmio até chegou perto de diminuir em dois avanços de Tuta, mas o placar permaneceu marcando 2 a 0 até o apito final.

Na 31ª rodada, o Palmeiras encara outro adversário direto na ponta da tabela, o Santos, fora de casa. Já o Grêmio tenta se reabilitar na disputa contra o Goiás, no Estádio Olímpico.