Fed vai acalmar crise no mercado, diz senador

O presidente do Comitê Bancário do Senado dos Estados Unidos, Chris Dodd, afirmou que Ben Bernanke, presidente do Federal Reserve (Fed), está preparado para utilizar todas as ferramentas disponíveis para enfrentar a atual crise financeira.

Dodd disse que não pressionou o Fed a baixar as taxas de juros e não pediu ao dirigente que relaxe a política monetária. O Federal Reserve rebaixou a taxa de desconto em 0,25% na semana passada, de 6,25% para 5,75%.

Dodd, que pretende disputar as eleições presidenciais de 2008, se reuniu a portas fechadas com Bernanke e o secretário do Tesouro, Henry Paulson. Ele considerou o encontro positivo e se mostrou impaciente com a lentidão da Casa Branca e do Fed para tomar maiores medidas contra a crise do setor hipotecário e o endurecimento do acesso ao crédito.