EUA e Japão manterão alerta sobre mercados

O ministro de Finanças do Japão, Koji Omi, e o secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Henry Paulson, optaram hoje por manter o alerta sobre os mercados financeiros devido a recente crise global, observada na semana passada.

Por telefone, Omi e Paulson decidiram que continuarão a monitorar o mercado. O ministro japonês mostrou-se preocupado com a crise financeira e possíveis impactos na economia do Japão. Para Omi, no entanto, a situação já se acalmou, embora a crise ainda não tenha sido resolvida.

O ministro japonês revelou também que os ministros de Finanças dos sete países mais industrializados do mundo (G7) não deverão se reunir antes das conversas marcadas para outubro, em Nova York (Estados Unidos).

Em relação à próxima reunião do comitê do Banco do Japão (BoJ, central) sobre as taxas de juros, prevista para ocorrer nesta semana, Omi declarou que o Governo espera que o órgão tome uma decisão "apropriada" após levar em conta "a situação dos mercados locais".