Alemanha nega que G7 fará reunião extraordinária

O grupo dos sete países mais desenvolvidos (G7) atualmente não planeja convocar uma sessão especial por conta das turbulências financeiras, segundo informou o ministro das finanças da Alemanha, Peer Steinbrueck. A declaração nega os rumores de que o G7 se reuniria em assembléia extraordinária para debater a crise. O próximo encontro oficial acontecerá em Washington.

O responsável disse também que já existe a interação internacional necessária para monitorar os altos e baixos dos mercados. O ministro declarou que as autoridades dos países mantinham um contato estreito pela situação e estavam trabalhando juntos.

Os mercados se viram sacudidos pelos temores de instabilidade depois que o problema com os subprime norte-americanos levou os bancos centrais a injetar dinheiro no sistema financeiro.