Atlético-MG volta a vencer e complica Náutico

Portal Terra

RECIFE - O Atlético-MG foi ao Estádio dos Aflitos neste domingo e derrotou o Náutico por 1 a 0, em jogo válido pela primeira rodada do returno do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, a equipe do técnico Emerson Leão recupera-se na competição após as duas derrotas consecutivas e deixa a equipe pernambucana na zona de rebaixamento.

Após perder para Palmeiras e Goiás, o Atlético-MG voltou a vencer e agora soma 28 pontos na competição. Já a equipe do técnico Roberto Fernandes chega a sua décima derrota, a segunda consecutiva, e permanece com 20 pontos.

Contando com o apoio da torcida, o Náutico começou a partida melhor, tentando pressionar o adversário nos minutos iniciais. Antes mesmo dos 5min de jogo, o ataque pernambucano obrigou o goleiro Edson a fazer duas boas defesas.

Após a pressão inicial dos donos da casa, o Atlético-MG conseguiu manter a posse de bola, mas ainda errava muitos passes no meio-de-campo, dificultando a armação de jogadas ofensivas.

A partida continuou truncada, com as duas equipes exercendo forte marcação e assim, o placar foi mantido até o final da primeira etapa, sem grandes chances para ambos os lados.

Na volta para o segundo tempo, o técnico Emerson Leão promoveu as entradas de Gérson e Lúcio nos lugares de Marquinhos e Éder Luis. Mas as alterações na equipe não surtiram efeito e, a exemplo do ocorrido no primeiro tempo, o Náutico voltou a exercer pressão no início.

Aos 8min, a equipe da casa perdeu a melhor oportunidade com Felipe, que não aproveitou cruzamento de Sidny, vindo da esquerda.

Após o susto inicial, a equipe de Emerson Leão passou a trocar mais passes e ameaçar o gol do Náutico. A primeira oportunidade veio com o lateral Coelho, que após bela jogada de Danilinho, chutou forte para boa defesa de Eduardo. Mas aos 17min, o goleiro não pode evitar o gol de Coelho em cobrança de falta, que desviou no zagueiro Onildo.

Precisando do resultado para deixar a zona de rebaixamento, o Náutico foi ao ataque e passou a pressionar a equipe mineira em busca do gol de empate. O técnico Roberto Fernandes faz a última alteração, colocando Almir Sergipe no lugar de Sidny.

Aos 29min do segundo tempo, Acosta recebeu de Radamés, dividiu com o goleiro Edson, mas a bola sai pela linha de fundo.

O Náutico continuou a pressão e quase conseguiu o empate aos 39min, quando Hamilton cobrou falta da direita e a bola passou raspando ao travessão de Edson.

O domínio dos donos da casa ficou maior a partir dos 42min, quando Xaves foi expulso após entrada dura em Elicarlos. Com isso, Leão tirou Lúcio e mandou a campo Rancharia.

Já nos acréscimos, Hamilton arriscou chute de longe e quase conseguiu o empate, mas o Atlético-MG segurou a vitória até o final.

Na próxima rodada, na segunda rodada do returno, as duas equipes têm dois desafios difíceis, contra os líderes da competição. No domingo, o Náutico enfrenta o líder São Paulo no Morumbi, enquanto o Atlético-MG recebe o Botafogo, segundo colocado do campeonato, no Mineirão.