Áreas de SC e RGS são declaradas de utilidade pública

As empresas, Eletrosul, a RS Energia e a Santa Laura, responsáveis por instalações de transmissão em Santa Catarina e no Rio Grande do Sul, foram beneficiadas esta semana com declarações de utilidade pública em áreas de terra destinadas à passagem de linhas de transmissão e à interligação de subestações.

As declarações emitidas para a Eletrosul abrangem faixas de terra com extensão de 20 quilômetros, cada, necessárias à passagem da linha de transmissão que vai interligar o seccionamento da LT Jorge Lacerda B - Blumenau à subestação Biguaçu (SC), em 230 kV. As terras também abrigarão a conexão entre as subestações Biguaçu e Palhoça, ambas em 230 kV. Os empreendimentos ficarão localizados no municípios de Angelina, Antônio Carlos, Biguaçu e Palhoça (SC).

A RS Energia ficará com uma área de 46,1 Km de extensão por onde passará a linha de transmissão Campos Novas - Nova Santa Rita, em 500 kV. A linha terá 257 km de extensão. A Santa Laura foi beneficiada com um trecho de 13,5 km de extensão entre os municípios de Faxinal dos Guedes e Xanxerê (SC). Na faixa de terra será construída uma linha de transmissão ligando a Pequena Central Hidrelétrica Santa Laura à subestação Xanxerê, de 69 kv, pretencente a Centrais Eletricas de Santa Catarina (Celesc).