Exportações batem novo recorde em maio

As exportações do agronegócio bateram novo recorde em maio. Segundo dados divulgados hoje pelo Ministério da Agricultura, o saldo da balança comercial ficou em US$ 4,497 bilhões, a receita dos embarques somou US$ 5,199 bilhões, um recorde para os meses de maio e o segundo maior valor mensal da série histórica, iniciada em 1989. As importações cresceram 40,9%, atingindo US$ 698 milhões.

O complexo soja continua lider dos produtos mais exportados, com embarques de US$ 1,294 bilhão, ante os US$ 900,5 milhões de maio de 2006. As exportações de soja em grãos renderam US$ 824 milhões, com crescimento de 18,5% ante US$ 695 milhões de maio do ano passado. Esse desempenho deve-se principalmente ao aumento de 19,3% nos preços do segmento.

Na comparação entre maio de 2006 e o mês passado, as exportações de carnes saltaram de US$ 695,5 milhões para US$ 1 bilhão. O valor exportado de frango in natura subiu 85,9%, passando de US$ 195 milhões para US$ 363 milhões. Esse resultado foi alcançado graças ao incremento de 34% nos preços e de 38,7% em volume.

As vendas externas de carne bovina in natura avançaram 26,4%, totalizando US$ 355 milhões, ante US$ 281 milhões, com incremento de 29,5% em volume e queda de 2,4% nos preços. As exportações de carne suína in natura subiram apenas 0,4%, resultado da elevação de 6,2% na quantidade embarcada. Os preços entretanto, caíram em 5,4%.