Banco Central eleva taxa de juros a 8%

O Banco Central da Nova Zelândia surprendeu o mercado ao aumentar a taxa de juros a um recorde de 8% numa tentativa de conter a inflação.

A medida elevou o dólar neo-zelandês para o nível mais alto desde que a moeda flutuou em 1985. O banco declarou que tinha o objetivo de assegurar que a inflação se mantivesse entre 1% e 3%.