ExxonMobil e Enbridge criarão oleoduto nos EUA

A ExxonMobil e a canadense Enbridge anunciaram ontem que trabalharão juntas para desenvolver um novo oleoduto que transportará aproximadamente 400 mil barris diários de petróleo, desde o meio-oeste dos Estados Unidos até a costa do país no Golfo do México.

A proposta forma parte de uma série de novos dutos em construção pela Enbridge e por suas concorrentes, para transportar a produção das áreas petrolíferas do Canadá para novos mercados.

Os campos canadenses contêm 174 milhões de barris, estimados em reservas recuperáveis, recursos apenas menores do que os da Arábia Saudita. Com o novo oleoduto, a produção do norte de Alberta (Canadá) pode alcançar três milhões de barris por dia até 2015, aproximadamente o triplo da produção atual.

A Enbridge, segunda maior companhias de dutos canadenses, comunicou que nem a empresa nem a ExxonMobil definiram ainda o tamanho e o custo do novo oleoduto, que será feito com tubos de 30 polegadas de diâmetro.

As companhias esperam que o projeto esteja pronto até o fim de 2010. O novo duto levará petróleo norte-americano e canadense desde Pakota (Illinois) até Beaumont (Texas), com fornecimento também para as refinarias localizadas próximas à Houston.