Índia encerra ano devendo US$ 3,8 bilhões ao Bird

O Banco Mundial (Bird) irá emprestar a Índia US$ 3,8 bilhões até o dia 30 de junho, fim do ano fiscal. A cifra vai fazer da Índia o maior credor da instituição. A relação do Bird com aquele país se intensificou, no ano passado o valor dos empréstimos chegou a US$ 1,4 bilhões.

Segundo o Bird, metade do valor do empréstimo foi destinado a projetos de desenvolvimento para área. A Índia espera que o financiador aprove mais 14 projetos até o fim de junho.

As informações são do periódico indiano The Telegraph.