Sony pode demitir nos EUA e Japão

A crise da Sony Computer Entertainment pode atingir mais funcionários nos Estados Unidos e no Japão, e não apenas na europa como foi divulgado ontem.

O PlayStation 3 está em último lugar nas listas de venda de consoles de última geração em todo o mundo. Segundo especulações, os custos de desenvolvimento do videogame teriam deixado a Sony com prejuízos de cerca de US$ 1,7 bilhão no ano fiscal encerrado em 31 de março.

Tanto a matriz japonesa quanto a divisão americana negam, que exista alguma decisão tomada a respeito das demissões.

Os principais concorrentes do PlayStation são o Wii, da Nintendo, e o Xbox 360, da Microsoft.