Plano de segurança feito para o Pan vira referência nacional

Frederico Zartore, Agência JB

RIO - O secretário Nacional de Segurança Pública, Luiz Fernando Corrêa, afirmou, nesta sexta-feira, durante a reunião do Conselho de Segurança do Nordeste, que o plano de segurança que será utilizado nos Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro servirá como modelo para a política nacional de segurança pública.

- A política nacional visa à integração entre as ações federais, estaduais e municipais, além de valorizar e resgatar as instituições que respondem pela área - afirma Corrêa.

Para viabilizar o plano de segurança do Pan, o governo federal já disponibilizou R$ 562 milhões.