Cubanos esperam conseguir 70 medalhas de ouro no Pan

REUTERS

HAVANA - Cuba, considerada a potência esportiva da América Latina, espera conquistar entre 65 e 70 medalhas de ouro nos Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro, de acordo com cálculos preliminares do Instituto de Esportes da ilha (Inder).

Com esta quantidade de medalhas, os cubanos pretendem manter a segunda posição no quadro de medalhas, atrás dos Estados Unidos, como acontece desde os Jogos de Cali, na Colômbia, em 1971. A única exceção foi em 1991, em Havana, quando Cuba ficou em primeiro.

- Para assegurar essa posição privilegiada, Cuba precisa obter entre 65 e 70 medalhas de ouro (...) - informou o Inder nesta quinta-feira em seu site oficial.

O Pan-Americano do Rio acontece entre 13 e 29 de julho, e Cuba será representada por uma delegação de 480 atletas que competirão em 28 das 33 modalidades.

- Trabalhamos para defender este segundo lugar - disse Christian Jiménez, presidente do Inder, após participar de uma reunião para analisar os preparativos dos atletas locais.

Até o momento, Cuba já tem 440 atletas classificados, e só falta definir os representantes do país em lutas, taekwondo, judô e saltos ornamentais.

A preparação caminha 'adequadamente', de acordo com o Inder, apesar dos desfalques das medalhistas olímpicas Yanelis Labrada (taekwondo) e Yurisleidis Lupetey (judô), ambas lesionadas.

Os cubanos terão a terceira maior delegação no Rio de Janeiro, com menos participantes somente que Brasil e Estados Unidos. Entre os competidores cubanos classificados para o Pan, estão a recordista mundial de arremesso de dardo, Osleydis Menéndez, a campeã mundial de 2005 dos 800 metros, Zulia Calatayud, e o campeão mundial de levantamento de peso, Sergio Alvarez.

Uma promissora nova geração também tem conquistado bons resultados ultimamente e estará nos Jogos do Rio, como as ciclistas Yumari González e Lisandra Guerra, medalhistas de ouro no Mundial de Palma de Mallorca, na Espanha, em março.

A ilha só não disputará futebol, equitação, esqui aquático e algumas modalidades do ciclismo.

Nos Jogos de Santos Domingo, em 2003, Cuba conquistou um total de 152 medalhas: 72 de ouro, 41 de prata e 39 de bronze.