Guerra da Celulose será negociada na Espanha

O ministro das relações exteriores da Espanha, Miguel Ángel Moratinos, vai receber hoje as delegações da Argentina e do Uruguay para debater sobre o impasse da instalação da fábrica de celulose em território uruguayo.

A empresa finlandesa Botnia quer instalar uma planta de produção na cidade de Fary Bentos às margens do rio Uruguay, na fronteira com a Argentina.

O rei da Espanha Juan Carlos se dispôs a intermediar o diálogo, a pedido dos presidente da Argentina, Néstor Kirchner, e do Uruguay, Tabaré Vázquez.

O conflito dura mais de um ano porque ambientalistas argentinos alegam que a instalação da planta traz riscos ao meio-ambiente. A argentina teme que a fábrica contamine o rio e prejudique a qualidade do ar na cidade turística de Gualeguaychú.