UE não se junta aos EUA contra a China

A União Européia anunciou que não vai se juntar aos Estados Unidos em uma ação na Organização Mundial do Comércia (OMC) contra a China. O representante da comissão de comércio, Peter Mandelson, disse na segunda-feira que a União Européia deve ser um observador nos casos e não uma das partes.

Os Estados Unidos anunciaram a decisão de arquivar dois casos contra a China sobre Direitos de Propriedade Intelectual (DPI) e acesso às publicações do mercado chinês.

Peter Mandelson disse que prefere resolver qualquer situação por meio de diálogo e citou o caso da UE e a Sino que transformou o comércio Textil um modelo de sucesso.

O governo chinês tem feito esforços para proteger os DPIs e combater a pirataria.