Edição 2021 do Festival de Berlim terá design associado a otimismo

.

Foto: Alxander Janetzko/Divulgação
Credit...Foto: Alxander Janetzko/Divulgação

O Festival de Berlim 2021 divulgou o motivo que utilizará em sua 71ª edição. Mariette Rissenbeek, diretora executiva do evento, disse que o Urso da Berlinale, este ano, é um personagem típico de Berlim. “O simpático motivo feito à mão exala otimismo nestes tempos desafiadores, e espalha uma emoção de expectativa para os dois palcos do festival”, ressaltou.

Em face da pandemia, o evento acontecerá em duas fases: de 1 a 5 de março totalmente online, e de 9 a 20 de junho com exibições abertas ao público, a princípio em salas e ao ar livre. Nessa segunda etapa está prevista a entrega dos prêmios escolhidos em março pelo júri oficial.

Conforme já noticiado, o júri é composto por seis premiados com o Urso de Ouro em edições anteriores: a bósnia Jasmila Zbanic (“Grbavica”, 2006); o italiano Gianfranco Rosi (“Fire At Sea”, 2016); a húngara Ildikó Enyedi (“On Body and Soul”, 2017); a romena Adina Pintilie (“Touch Me Not”, 2018); o israelense Nadav Lapid (“Sinônimos”, 2019); e o iraniano Mohammad Rasoulof, premiado em 2020 por “There Is No Evil”.

Carlo Chatrian, diretor artístico do festival, disse que esses diretores expressam diferentes formas de fazer filmes intransigentes e de criar histórias corajosas. “Mas também representam uma parte da história do Festival de Berlim”, afirmou.

A programação oficial, conforme informação dos organizadores será anunciada em 11 de fevereiro.